Foto: Daniel Mansur

Exôdo e migração massiva, guerras e genocídios, limpeza étnica e xenofobia. Vá preparado: o novo espetáculo do performer mineiro Marcelo Gabriel não tem nada de agradável.

Em “Danças do Abismo 2”, ele discursa com o corpo sobre os temas de discussão urgente no mundo atual. Não espere estetização da desgraça: a dança de Marcelo não veio para agradar, mas sim para incomodar, tirar o espectador da zona de conforto.

Improvisação, butô, teatro físico…  As vertentes que moldam o trabalho de Marcelo, assim como a memória corporal que resolveu dar ao espetáculo o mesmo nome de um trabalho de 2006, levam ao palco a dor e a resistência dos seres errantes no mundo.

Nas danças do abismo de 2006, Marcelo falou do desterro dos índios, marcado pelo contato que teve com nações indígenas, como os maxacalis. Na atual, o performer se debruça sobre os atuais refugiados, para entender os desterrados de todos os tempos.

 

DANÇAS DO ABISMO 2

QUANDO sex. (19/2) e sáb. (20/2), às 20h30

ONDE Sesc Pinheiros, r. Paes Leme, 195, tel. (11) 3095-9400

QUANTO de R$ 7,50 a R$ 25

CLASSIFICAÇÃO 10 anos

Leave a Reply

Your email address will not be published.